18+ | Jogue com responsabilidade | Termos e Condições Aplicáveis | Conteúdo comercial | Somente para novos clientes

Cristiano Ronaldo chora, mas Portugal derrota Eslovénia nos penáltis e avança no Euro

- Cristiano Ronaldo chora, mas Portugal derrota Eslovénia nos penáltis e avança no Euro

Diogo Costa brilha nas defesas

Num jogo tenso e sem golos, Portugal e Eslovénia decidiram a vaga nos quartos de final do Campeonato Europeu numa emocionante disputa de penáltis. Os portugueses garantiram a vitória graças às defesas impressionantes de Diogo Costa, o guarda-redes do Porto, que defendeu as três primeiras cobranças eslovenas no Deutsche Bank Park, em Frankfurt.

CR7 perde penálti e emociona-se

Antes da disputa de penáltis, Cristiano Ronaldo desperdiçou uma grande penalidade no primeiro tempo do prolongamento, com uma excelente defesa do guarda-redes Oblak. O craque demonstrou o seu desespero e emoção, chegando a chorar em campo, sendo consolado pelos companheiros.

Nos quartos de final, a seleção de Portugal irá enfrentar a França no Volksparkstadion, em Hamburgo, na próxima sexta-feira, dia 5.

Penáltis vencedores

Na emocionante disputa de penáltis, Diogo Costa tornou-se o herói da noite ao defender as três primeiras cobranças eslovenas, executadas por Josip Iličić, Benjamin Verbič e Jasmin Kurtič. Por parte de Portugal, Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Bernardo Silva marcaram com frieza e precisão, assegurando a passagem da seleção portuguesa aos quartos de final com um resultado final de 3-0 na disputa de penáltis.

Ronaldo: «Sem dúvida é o meu último Euro»

Após o jogo, o capitão da seleção portuguesa revelou uma mistura de emoções, reconhecendo a oportunidade perdida contra o guarda-redes Oblak. Ao mesmo tempo, elogiou o desempenho da equipa, especialmente do guarda-redes, Diogo Costa, que fez três defesas cruciais.

Entretanto afirmou para a RTP que este seria o seu último Euro: «Sem dúvida é o meu último Euro, claro que sim. Não fico emocionado por isso, mas por tudo o que implica o futebol, com o entusiasmo e carinho que os adeptos e a minha família têm por mim. Não é por deixar o futebol. O que falta o Cristiano ganhar mais? Para mim o mais importante desta caminhada é o entusiasmo que ainda tenho, ao fim de 20 anos.»

Vivaposta
317 articles