18+ | Jogue com responsabilidade | Termos e Condições Aplicáveis | Conteúdo comercial

Os maiores escândalos e casos de resultados combinados

escândalos desportivos

Pete Rose, a equipa de críquete do Paquistão, os escândalos do futebol italiano: o que estes vários assuntos têm em comum é que todos se tornaram exemplos clássicos de fraude desportiva nos respetivos desportos.

Apesar da cada vez maior prevenção e todos os esforços legais para combater os resultados combinados, é possível encontrar casos de apostas ilícitas em todos os principais desportos.

Este artigo oferece uma visão geral dos maiores escândalos em todos os principais desportos, incluindo futebol ténis, corridas de cavalos, basebol e críquete, e também oferece uma explicação do que são resultados combinados e os diferentes métodos utilizados pelas autoridades para impedir que isto aconteça.

Mais do que o dinheiro, o que está em causa é a integridade desportiva e o risco de a popularidade destas desportos seja afetada por demasiados escândalos.

Os maiores escândalos, em cada desporto

Em termos de resultados combinados, há vários escândalos em todos os desportos. Segue-se uma descrição dos maiores escândalos de resultados combinados de que há conhecimento nos principais desportos.

Futebol

No futebol, a Itália tem sido o centro dos maiores escândalos de sempre.

O primeiro caso surgiu no início da década de 1980 e ficou conhecido como “Totonero”, o escândalo da lotaria clandestina em Itália. Depois de ser revelado que vários jogadores tinham apostado nos resultados das suas próprias equipas, foram aplicadas várias sanções tanto às equipas como aos jogadores.

O AC Milan e Lazio Roma foram relegados para a Série B (A Segunda Divisão Italiana) e o famoso avançado da Seleção Italiana, Paolo Rossi, foi suspenso por 2 anos.

O segundo escândalo, muito mais recente, ficou conhecido como o “Calcioscommesse” – o escândalo de apostas no futebol. Em 2012, descobriu-se que vários jogadores e treinadores tinham ligações à Máfia nacional e internacional, tendo cometido fraude para ajudar estas organizações em atividades de branqueamento de capitais.

Apostando dinheiro obtido ilegalmente em apostas não relacionadas com as suas atividades criminosas, estes membros da máfia pagavam a jogadores para perderem jogos e recuperarem dinheiro limpo. Foram aplicadas sanções a jogadores, como Domenico Criscito, e treinadores, como Antonio Conte, sendo que o primeiro teve de abandonar a competição do Euro 2012 e o último foi suspenso por um período de 10 meses.

Futebol Italiano Totonero

Ténis

Também houve escândalos no ténis. O mais recente ocorreu no torneio de Sopot, na Polónia em 2007. O jogador de ténis russo, Nikolay Davidenko, 4º lugar na tabela ATP, iria enfrentar o argentino Martin Vassallo Arguello, na 107ª posição da mesma tabela.

Depois de Davidenko ter ganho o primeiro set do jogo por 6-2, as quotas para a vitória de Arguello dispararam, e foi neste momento que foi detetada uma atividade de jogo suspeita na Federação Russa.

O resto do jogo: A derrota de Davidenko no segundo set, antes de desistir pareceu confirmar a suspeita de que o russo tinha decidido perder o jogo em conluio com apostadores na Rússia.

Contudo, a subsequente investigação pela ATP, não resultou em qualquer sanção para o russo por falta de provas de fraude desportiva.

Nikolay Davydenko

Corridas de Cavalos

Em 2011, a Autoridade Britânica para as Corridas de Cavalos (British Horseracing Authority, BHA) revelou um escândalo nas corridas que remontava a 2009. O relatório da BHA destaca o modo como, na época de 2009, vários proprietários de cavalos e jóqueis perderam corridas deliberadamente quando os seus cavalos eram os favoritos nas apostas.

Estes defraudadores receberam valores de pelo menos £6.000 em colusão com casas de apostas e anunciaram as suas intenções para combinar antecipadamente os resultados das corridas.

Corridas de Cavalos BHA

Basebol

No dia 3 de abril de 1989, a revista norte-americana Sports Illustrated revelou ao público que o anterior jogador e treinador principal dos Cincinnati Reds, Pete Rose, tinha apostado no desempenho da própria equipa dessa época.

A investigação que se seguiu às atividades de aposta de Rose revelada no relatório Dowd mostrou nada menos dos que 52 jogos dos Reds nos quais Rose tinha apostado. Ainda pior, o relatório revelou que durante esse período, Rose tinha apostado pelo menos $10.000 por dia.

Embora estes números e os resultados em que Rose tinha apostado (vitória ou derrota da sua equipa) sejam muito controversos, Rose foi banido da MLB e colocado da lista de inelegíveis do Salão da Fama do Basebol (Baseball Hall of Fame).

Pete Rose betting scandal

Críquete

Em 2010, o tabloide britânico News of the World revelou que os membros da seleção do Paquistão tinha aceitado combinar jogadas durante a Test Series contra a Inglaterra . Num destes jogos, descobriu-se que os lançadores Amir e Asif tinham deliberadamente falhado os lançamentos em certos momentos do jogo em troca de dinheiro pago por uma casa de apostas.

Com vídeos da transação a provar as suspeitas de que os jogadores tinham aceitado subornos, o ICC (Conselho Internacional de Críquete) decidiu banir Salman Bett, Mohammad Asif e Mohammad Amir por períodos entre 5 e 10 anos.

Além disso, o tribunal condenou os jogadores por atividades ilícitas e aplicou aos participantes – jogadores e casa de apostas – sentenças entre 6 meses e dois anos e meio de prisão.

Em baixo está a filmagem que foi divulgada pelo News of the World e utilizada para condenar os jogadores e a casa de apostas em causa no escândalo de resultados de combinados no jogo Inglaterra-Paquistão de 2010.

Mohammad Amir, Mohammad Asif and Salman Butt

Resultados combinados: crime e castigo

Surgem periodicamente casos de fraude desportiva. No entanto, nem todos os defraudadores utilizam os mesmos mecanismos e nem todas as fraudes sofrem as mesmas penalizações.

Diferentes tipos de fraude

  • Apostas ilegais – Os atletas estão proibidos de apostar na própria liga e, por vezes, no mesmo desporto. Esta categoria de fraude desportiva pode abranger todas as situações, desde um atleta a transgredir as regras e apostar num evento desportivo até à manipulação direta dos resultados por jogadores que apostem no seu próprio desempenho, assemelhando-se a situações de negociação com informações privilegiadas. De forma geral, os atletas profissionais são desencorajados a jogar por causa do risco de ficarem endividados numa casa de apostas e terem de saldar a dívida perdendo um jogo.
  • Resultados combinados – Este tipo de fraude consiste na falsificação do resultado por qualquer interveniente no evento desportivo. Isto pode ser alcançado por corrupção dos jogadores, treinadores ou mesmo dos árbitros do evento, ou por iniciativa própria do interveniente – por exemplo, para ganhar uma aposta. Alguns resultados combinados têm por objetivo falsificar os resultados do jogo ou liga por motivos atléticos ou para fins de jogo.
  • Jogadas combinadas – um tipo específico de resultados combinados, as situações de jogadas combinadas são difíceis de detetar. Como consiste em falsificar um dos aspetos do jogo, sem necessariamente afetar o resultado final, não é fácil provar que uma equipa perdeu intencionalmente um jogo, uma corrida ou outro evento. Em vez disso, tem por objetivo produzir um resultado num determinado tipo de aposta que pouco afeta o resultado final do evento. “Minuto do próximo cartão amareloé um bom exemplo do tipo de acontecimento num jogo que pode ser combinado se afetar o resultado final.

Fraude desportiva

A linha entre os diferentes tipos de aposta não é muito clara, por exemplo: quando é que situações de jogadas combinadas se tornam situações de resultados combinados? quando é que as apostas ilícitas constituem uma forma de jogos fraudulentos, mesmo se inconscientemente?

Para delimitar estas categorias vagas, a aplicação de um código de ética consistente tem sido monitorizada por um enquadramento legal em vários desportos.

Fraude desportiva: quais são os riscos?

Na deteção de fraude desportiva, várias entidades colaboram para salvaguardar a ética do desporto, assim como o risco de branqueamento de capitais através de apostas.

As sanções decorrentes deste processo multilateral abrangem um painel amplo. Dependendo da gravidade do caso, vários órgãos administrativos têm o direito de sancionar os intervenientes fraudulentos. Isto também determina, em certa medida, a gravidade da sanção.

  • As casas de apostas podem restringir a atividade suspeita das seguintes formas:
    • Cancelar apostas
    • Suspender contas
    • Excluir os jogadores do site
  • As ligas podem sancionar os participantes das seguintes formas:
    • Dedução de pontos
    • Relegação
    • Retirada de títulos
    • Suspensões
    • Exclusões
  •  O sistema legal pode intervir, em casos de corrupção, e aplicar sanções ao atleta ou equipas, bem como punir os restantes intervenientes com:
    • Multas
    • Prisão

O arsenal de sanções legais para os infratores está a ser constantemente expandido, particularmente com a ascensão das apostas online.

O efeito foi a redução global dos casos de infrações ao código desportivo e jogo ético, mas também aumentou os valores envolvidos nos casos de corrupção com cada vez maiores somas a serem pagas neste tipo de atividade ilegal.

Em última análise, os fãs são sempre os verdadeiros prejudicados nestas questões pois a imagem de competição no desporto é manchada por escândalos sucessivos.

fãs tristes

Prevenção

Com o aumento do risco de manipulação de resultados desportivos, a cooperação em vários níveis tem sido posta em prática, a fim de evitar resultados combinados e outras formas de apostas ilícitas.

Ligas, polícia, sistemas judiciais e casas de apostas partilham informações para prevenir e ajudar a combater resultados combinados .

  • As casas de apostas podem rastrear atividade de apostas suspeitas e notificar as autoridades
  • As ligas podem investigar casos de jogos e/ou equipas suspeitas
  • A polícia pode interrogar e monitorizar intervenientes que tenham sido identificados pelas instâncias competentes

Por exemplo, no futebol, a UEFA – a União das Associações Europeias de Futebol – tornou uma questão de política a análise atenta dos resultados na primeira e segunda divisões de todos os países membros. De acordo com suas estatísticas, num total de 32.000 jogos submetidos a vigilância, apenas 0,7% dos resultados estão sujeitos a dúvidas .

É também uma questão de política para a UEFA, complementando o seu papel preventivo, a aplicação rigorosa de sanções que a jogadores, clubes, ou árbitros que não revelem que foram contactados para alterar um resultado. Por exemplo, se um árbitro não revelar uma tentativa de pressão para aceitar dinheiro é sancionável com uma expulsão da UEFA.

Através deste duplo programa de prevenção e sanção legal, a UEFA, bem como a maioria dos principais desportos esperam salvaguardar a integridade e ética do desporto profissional.

UEFA