18+ | Jogue com responsabilidade | Termos e Condições Aplicáveis | Conteúdo comercial | Somente para novos clientes

FC Porto vence a Taça de Portugal

- FC Porto vence a Taça de Portugal

Os Dragões derrotam o Sporting

O FC Porto precisou de mostrar a sua força e perseverança para conquistar a Taça de Portugal, vencendo um Sporting reduzido a dez jogadores após o prolongamento, com um resultado final de 2-1. Esta vitória marca a terceira consecutiva dos dragões neste torneio.

A ausência do capitão Pepe, por lesão, levou Sérgio Conceição a apostar em Zé Pedro como novidade na equipa portista. Do lado do Sporting, Rúben Amorim manteve os habituais titulares, destacando-se Geny Catamo, Morita e St. Juste. O ambiente festivo no Jamor, bem dividido entre azul e verde, prometia espetáculo.

Início intenso

O início do jogo foi frenético, com ambas as equipas a utilizarem linhas defensivas altas. Aos 2 minutos, Evanilson apareceu isolado frente ao jovem guarda-redes Diogo Pinto, que hesitou mas conseguiu evitar o golo com uma boa intervenção. O Sporting mostrou alguma instabilidade na profundidade defensiva, o que os dragões tentaram explorar. Ofensivamente, o Sporting insistia pela ala esquerda com Nuno Santos, enquanto o FC Porto apostava na profundidade, especialmente através de Francisco Conceição.

Momentos-chave no primeiro tempo

Aos 20 minutos, St. Juste marcou de cabeça, inaugurando o marcador para o Sporting. O FC Porto respondeu rapidamente, empatando aos 25 minutos por Evanilson, que aproveitou um erro de Geny Catamo. Aos 28 minutos, Galeno apareceu isolado mas foi travado por St. Juste, levando à expulsão do neerlandês após intervenção do VAR, que corrigiu a decisão inicial de grande penalidade.

Falha na ofensiva

Com um jogador a menos, Rúben Amorim ajustou a equipa, mas o Sporting perdeu poder ofensivo. Sérgio Conceição, percebendo a dificuldade do adversário, fez entrar Taremi ao intervalo, reforçando o ataque. O FC Porto dominou a posse de bola, mas encontrou dificuldades para penetrar o bloco defensivo do Sporting, que se organizou bem apesar da inferioridade numérica.

FC Porto vence no prolongamento

O jogo seguiu para prolongamento e, aos 97 minutos, Taremi converteu uma grande penalidade, resultante de uma saída em falso do guarda-redes Diogo Pinto, colocando o FC Porto na frente. O Sporting, já sem Pote exausto e com Paulinho em campo, tentou reagir mas sem sucesso. O FC Porto manteve a maturidade e segurou a vitória por 2-1.

Assim, o FC Porto conquistou a Taça de Portugal pela terceira época consecutiva, consolidando o sucesso sob a liderança de Sérgio Conceição.

Vivaposta
317 articles