18+ | Jogue com responsabilidade | Termos e Condições Aplicáveis | Conteúdo comercial

Apostadores Profissionais Portugueses

Muitos dos actuais apostadores profissionais portugueses começaram a construir a sua fortuna quando o jogo online não possuía qualquer legislação no país. Antes de a lei entrar em vigor, estes apostadores profissionais podiam ganhar entre 3 a 4 mil euros por dia, livres de impostos, havendo jogos em que ganhavam por volta de 100 mil euros.

A falta de legislação contribuiu para uma isenção de impostos, uma maior previsibilidade e uma maior rentabilidade. Consequentemente, estes factores levaram-os ao sucesso, incentivados a aprofundar os seus conhecimentos e a desenvolver um método que lhes permitisse fazer das apostas as suas vidas.

Conheça alguns dos apostadores profissionais portugueses que desistiram das suas antigas vidas, estudaram horas por dia para se tornarem mestres na análise de probabilidades e actualmente dedicam-se a tempo inteiro às apostas online.

Paulo Rebelo

Quando o negócio das apostas online tomou grandes proporções no país, Paulo Rebelo foi um dos primeiros nomes a ser mencionado, começando a marcar presença em vários meios de comunicação social.

Apostadores Profissionais Portugueses Paulo RebeloLicenciado em Gestão, Paulo ainda trabalhou como trader na bolsa durante a faculdade, mas rapidamente percebeu as oportunidades que o mundo das apostas desportivas podiam oferecer.

Aos 23 anos, começou a viver apenas e unicamente das apostas online, através da bolsa de apostas Betfair, tornando-se num dos primeiros apostadores profissionais portugueses.

Com os seus conhecimentos e experiência de trader, o sucesso e o rendimento de Paulo foram aumentando, chegando ao ponto em que descobriu que ganhava mais em frente ao monitor do que muitos jogadores da Liga Portuguesa no relvado. Aos 29 anos, realizou um dos seus sonhos e comprou um Ferrari.

Hoje, com 31 anos, vive entre a Cidade Invicta, Madrid e Londres. Segundo o próprio, vários foram os factores que o fizeram comprar casa nas duas cidades estrangeiras.

Primeiro, Paulo gosta de acompanhar de perto os principais mercados onde investe, sendo as ligas espanhola e inglesa os mercados que lhe dão mais rentabilidade e, segundo, gosta de assistir aos jogos nos locais onde acontecem.

Tudo para beneficiar de um sinal de transmissão mais rápido pois, a fracção de segundos que ganha em relação aos outros apostadores que estão a assistir aos jogos em outras partes do Mundo permite-lhe ganhar mais lucros.

Confirmou ainda o próprio, durante uma das suas entrevistas, que uma das vantagens de residir em Londres é o facto das apostas desportivas não pagarem impostos, algo que também foi um factor aliciante na altura de escolher entre a bolsa e as apostas online.

Entrevista para Imprensa Paulo Rebelo Apostadores Profissionais Portugueses

Mas não foram as simples apostas que elevaram Paulo para onde se encontra hoje. A sua maior fonte de rendimento é a bolsa de apostas, ou seja, Paulo para além de apostar, compra e vende apostas de outros apostadores.

Funciona tal como uma bolsa de acções, “o trader ganha dinheiro se conseguir vender mais caro do que aquilo que comprou”, explicou o apostador profissional numa entrevista, admitindo que chega a facturar 25 mil euros por jogo.

Actualmente, Paulo Rebelo detêm uma fortuna de milhões e é considerado um dos melhores apostadores online de futebol do Mundo. Já lançou dois livros e possui um site onde ensina e oferece aulas sobre apostas desportivas.

Pedro

Apostadores Profissionais Portugueses PedroHá 6 anos atrás, Pedro era um treinador sem vencimento num clube alentejano. Hoje, com 42 anos, é mais um dos apostadores profissionais portugueses.

O futuro de Pedro mudou de rumo quando conheceu a história de Paulo Rebelo, em Janeiro de 2010.

Desesperado e com contas para pagar, a história de Paulo mostrou-lhe que era possível ganhar muito dinheiro com apostas desportivas, mesmo independentemente do resultado final do jogo.

Decidido em investir no mundo das apostas online, Pedro começou a estudar a bolsa de apostas, aprendendo a como reduzir o risco e a aumentar o dinheiro que punha no mercado. Começou com dois euros e foi apostando, até conseguir ganhar dinheiro com o futebol.

“Reduzi o risco quando a probabilidade de haver um golo era maior do que não haver, nomeadamente quando há bolas paradas. Não estamos a apostar que vai haver golo ou não, vamos dizer que há mais ou menos probabilidade de haver golo. É essa variação que nos dá dinheiro.”, revelou o apostador profissional ao jornal Correio da Manhã.

Ao fim de 6 meses, Pedro conseguiu mil euros com esta estratégia, depois dois mil euros e por aí fora, até começar a viver das apostas online e se ter tornado um apostador profissional.

Uns anos mais tarde, decidiu mudar-se para Manchester, Inglaterra. Os motivos foram os mesmos de Paulo Rebelo: para acompanhar de perto o mercado em que mais investe e para poder apostar de maneira legal e regulamentada, pois nesta altura o Estado Português ainda ponderava legislar a exploração e prática de jogos online.

Tal como referimos acima, os apostadores em Inglaterra podem adoptar um estatuto em que não se paga nenhum imposto sobre o que se recebe nos primeiros 7 anos. Passados os 7 anos, o Estado Britânico cobra apenas 5% aos apostadores, um valor que vai aumentado em função dos lucros.

Pedro não revela o seu apelido porque prefere passar despercebido, razão pelo qual o apostador também usa, e é conhecido por usar, uns óculos escuros aerodinâmicos para esconder a sua identidade nos media.

Roberto Teixeira

Apostadores Profissionais Portugueses Roberto TeixeiraRoberto Teixeira é outro dos apostadores profissionais portugueses que faz das apostas online a sua profissão ou, neste caso e como o próprio o diz, o seu part-time.

Roberto trabalha actualmente na Junta de Freguesia de São João da Talha e foi em 2009 que encontrou o mundo das apostas desportivas online, conciliando desde aí as duas coisas.

“Neste part-time, eu é que decido se quero ou não trabalhar, sabendo que em 90 minutos de jogo, consigo ganhar mais do que o dobro do que ganho no meu trabalho a tempo inteiro.”, explicou Roberto ao jornal Correio da Manhã.

Ao ordenado de 600€ na Junta, soma outro na ordem dos 800€ nas apostas. Para além de apostar no futebol, Roberto Teixeira também arrisca a sua sorte nos dardos, um mercado muito concorrido na Inglaterra.

Hoje, com 28 anos, não pensa para já sair de Portugal, mantendo assim o seu dia-a-dia entre o emprego actual e as apostas online. No entanto, também Roberto Teixeira possui um site onde ensina noções básicas e avançadas de apostas e trading.

7 Regras que os Apostadores Profissionais Seguem Sempre

Se planeia começar a viver das apostas online, faça como estes apostadores profissionais portugueses e siga sempre estas 7 regras:

  • Gestão de Banca
  • Disciplina
  • Registo de Apostas
  • Concentração
  • Humildade
  • Estudo Aprofundado de Estatísticas

E a regra mais importante de todas…

  • Esqueça as suas Preferências Clubísticas