18+ | Jogue com responsabilidade | Termos e Condições Aplicáveis | Conteúdo comercial | Somente para novos clientes

Guardiola antecipa o confronto com o Real Madrid: “Respeito, mas não temo”

- Guardiola antecipa o confronto com o Real Madrid: "Respeito, mas não temo"

Respeito e determinação

Na terça-feira, dia 16, Pep Guardiola, treinador do Manchester City, afirmou que, apesar de respeitar o Real Madrid, não teme o adversário espanhol. O confronto decisivo entre as equipas em Inglaterra, na segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, não cria preocupações em relação ao cansaço causado pela intensa sequência de jogos.

O técnico sublinhou a sua admiração pela qualidade do Real Madrid, mas expressou confiança na capacidade da sua equipa. Guardiola realçou a rivalidade entre os clubes e a importância de encarar desafios como este com determinação.

Confronto equilibrado leva à desforra

Esta é a terceira vez consecutiva que o Real Madrid e o Manchester City se enfrentam nas eliminatórias da Liga dos Campeões, com cada equipa a conquistar uma vitória nas últimas duas temporadas. O primeiro jogo desta fase, que teve lugar a semana passada em Madrid, terminou num empate de 3 a 3.

Foco em Jude Bellingham

Guardiola revelou a sua preocupação com Jude Bellingham, principal reforço do Real Madrid para a temporada europeia, elogiando a rápida adaptação e impacto do médio-atacante inglês na equipa. O treinador salientou a necessidade de controlar o jogador devido à sua qualidade e capacidade de decisão nos jogos.

Desgaste físico sob controlo

Mesmo competindo em três torneios diferentes, com a possibilidade de conquistar o título em cada uma delas, Guardiola minimizou o desgaste físico do seu plantel. O treinador demonstrou confiança na força e determinação da equipa, afirmando que os jogadores têm o corpo e a mente preparados para o confronto crucial contra o Real Madrid.

Preparação e incerteza na composição inicial

Guardiola mantém segredo sobre a formação inicial do Manchester City para o jogo decisivo, mas confirmou a participação do lateral Kyle Walker, que regressa após uma lesão muscular. O treinador realçou a importância do jogador, e vai tomar outras decisões importantes após o último treino.

Conclusão

Com determinação e confiança, o Manchester City prepara-se para enfrentar o Real Madrid num confronto que promete emoções e rivalidade. Guardiola e a sua equipa estão focados em garantir a qualificação para as meias-finais da Liga dos Campeões, mantendo a postura competitiva para mostrar o melhor desempenho em campo.

Vivaposta
154 articles