18+ | Jogue com responsabilidade | Termos e Condições Aplicáveis | Conteúdo comercial | Somente para novos clientes

Lionel Messi conquista Bola de Ouro pela oitava vez

Avançado argentino Lionel Messi recebeu 8ª Bola de Ouro, Paris, 30.10.2023
Lionel Messi venceu a Bola de Ouro. Foto: IMAGO / Xinhua

Campeão do mundo com a Argentina no final do ano passado, o craque Lionel Messi, de 36 anos, conquistou a Bola de Ouro pela oitava vez na carreira, esta segunda-feira, em Paris. A Bola de Ouro é o prémio dado pela revista France Football ao melhor jogador do mundo. Messi superou nomes como Mbappé e Haaland, segundo e terceiro classificados. O melhor português foi Bernardo Silva, do Manchester City, que ficou na nona posição.

Saiba como apostar em jogos de futebol

– Antes de mais nada, gostaria de agradecer a todos aqueles que votaram, que me fizeram vencedor deste prémio, e, claro, a todos os meus companheiros, jogadores de seleção. Isto dependeu da seleção argentina, do trabalho de toda uma equipa. Lautaro, Julián, Dibu. Um presente para todo o nosso grupo argentino. Foi um feito histórico o que conseguimos – celebrou Lionel Messi.

Messi é o maior vencedor da Bola de Ouro. Com oito conquistas, tem mais três do que Cristiano Ronaldo, o qual tem cinco. Cruijff, Platini e Van Basten têm três cada.

– Haaland, Kylian, vocês tiveram um ano incrível, jogaram muito bem a nível individual e coletivo. Haaland, espetacular o que conseguiste. Sem dúvida, nos próximos anos este prémio será vosso – acrescentou Messi.

A Bola de Ouro 2023

  1. Messi (PSG/Inter Miami e Argentina)
  2. Haaland (Manchester City e Noruega)
  3. Mbappé (PSG e França)
  4. De Bruyne (Manchester City e Bélgica)
  5. Rodri (Manchester City e Espanha)
  6. Vini Jr (Real Madrid e Brasil)
  7. Julián Álvarez (Manchester City e Argentina)
  8. Victor Osimhen (Napoli e Nigéria)
  9. Bernardo Silva (Manchester City e Portugal)
  10. Luka Modric (Real Madrid e Croácia)
  11. Mohamed Salah (Liverpool e Egito)
  12. Robert Lewandowski (Barcelona e Polónia)
  13. Yassine Bounou (Sevilla/Al-Hilal e Marrocos)
  14. Ilkay Gündogan (Manchester City/Barcelona e Alemanha)
  15. Emiliano Martínez (Aston Villa e Argentina)
  16. Karim Benzema (Real Madrid/Al-Ittihad e França)
  17. Khvicha Kvaratskhelia (Napoli e Geórgia)
  18. Jude Bellingham (Borussia Dortmund/Real Madrid e Inglaterra)
  19. Harry Kane (Tottenham/Bayern de Munique e Inglaterra)
  20. Lautaro Martínez (Inter de Milão e Argentina)
  21. Antoine Griezmann (Atlético de Madrid e França)
  22. Kim Min-Jae (Napoli/Bayern de Munique e Coreia do Sul)
  23. André Onana (Inter de Milão/Manchester United e Camarões)
  24. Bukayo Saka (Arsenal e Inglaterra)
  25. Josko Gvardiol (RB Leipzig/Manchester City e Croácia)
  26. Jamal Musiala (Bayern de Munique e Alemanha)
  27. Nico Barella (Inter de Milão e Itália)
  28. Martin Ödegaard (Arsenal e Noruega)
  29. Kolo Muani (Eintracht Frankfurt/PSG e França)
  30. Rúben Dias (Manchester City e Portugal)

Todos os vencedores da Bola de Ouro

  • 1º: Lionel Messi (2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019, 2021 e 2023): 8
  • 2º: Cristiano Ronaldo (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017): 5
  • 3º: Johan Cruijff (1971, 1973 e 1974), Michel Platini (1983, 1984 e 1985) e Marco van Basten (1988, 1989 e 1992): 3
  • 6º: Alfredo Di Stéfano (1957 e 1959), Franz Beckenbauer (1972 e 1976), Kevin Keegan (1978 e 1979), Karl-Heinz Rummenigge (1980 e 1981) e Ronaldo (1997 e 2002): 2
  • 11º: Stanley Mathhews (1956), Raymond Kopa (1958), Luis Suárez (1960), Omar Sivori (1961), Josef Masopust (1962), Lev Yashin (1963), Denis Law (1964), Eusébio (1965), Bobby Charlton (1966), Flórián Albert (1967), George Best (1968), Gianni Rivera (1969), Gerd Müller (1970), Oleg Blokhin (1975), Allan Simonsen (1977), Paolo Rossi (1982), Igor Belanov (1986), Ruud Gullit (1987), Lothar Matthäus (1990), Jean-Pierre Papin (1991), Roberto Baggio (1993), Hristo Stoichkov (1994), George Weah (1995), Mathias Sammer (1996), Zinedine Zidane (1998), Rivaldo (1999), Luís Figo (2000), Michael Owen (2001), Pavel Nedved (2003), Andriy Shevchenko (2004), Ronaldinho Gaúcho (2005), Fabio Cannavaro (2006), Kaká (2007) e Luka Modric (2018): 1

Outros prémios

Também foram premiados: Aitana Bonmatí (melhor jogadora do mundo), Emiliano Martínez (melhor guarda-redes), Jude Bellingham (melhor sub-21), Vini Jr. (solidariedade) e Erling Haaland (avançado do ano). Os clubes do ano foram o Manchester City (masculino) e o Barcelona (feminino).

Tiago Jorge
416 articles
Tiago Jorge é um amante de desporto que foi atleta Federado de Hóquei em Patins durante 22 anos com passagens pela Seleção Portuguesa de Hóquei em Patins, Benfica e Sporting. Formado em Marketing e Comunicação, atualmente desenvolve conteúdos sobre a atualidade desportiva em Portugal e para os amantes de iGaming.