18+ | Jogue com responsabilidade | Termos e Condições Aplicáveis | Conteúdo comercial | Somente para novos clientes

Ucrânia adere à candidatura de Espanha e Portugal ao Campeonato do Mundo de 2030

Robert Lewandowski recebe uma braçadeira de capitão para a Copa do Mundo na Ucrânia através de Andriy Shevchenko
Robert Lewandowski recebe uma braçadeira de capitão para a Copa do Mundo na Ucrânia através de Andriy Shevchenko. Imagem de IMAGO

A Ucrânia adere à candidatura de Espanha e Portugal ao Campeonato do Mundo de 2030 junto da FIFA, a Federação Espanhola de Futebol (RFEF) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) transmitiram a informação na quarta-feira.

A nova parceria foi confirmada durante uma conferência de imprensa na sede suíça da UEFA, o órgão dirigente do futebol europeu.

“Agora não é uma candidatura ibérica mas uma candidatura europeia”, disse o presidente espanhol da FA, Luis Rubiales, da sede da UEFA em Nyon, Suíça. “Hoje demos um passo em frente”

O presidente da FA de Portugal, Fernando Gomes, disse: “É uma honra incluir a Ucrânia na nossa licitação. As duas federações informaram-nos da sua intenção à UEFA, que nos deram o seu total apoio. O futebol é mais do que futebol.

“É uma decisão lógica e natural”. Tivemos o apoio incondicional da UEFA. A Ucrânia não pode desaparecer das nossas mentes uma vez terminada a guerra. Temos de lhes dar esperança”

Numa declaração, a FPF disse que os termos da adesão da Ucrânia à candidatura seriam definidos em devido tempo.

“O exemplo de tenacidade e resiliência dado pelo povo ucraniano é inspirador”. Esta proposta visa contribuir através do poder do futebol para a recuperação de um país em reconstrução”, disse a FPF.

A candidatura de Espanha, Portugal e Ucrânia para o torneio de 2030 é apoiada pela UEFA e irá competir contra outras candidaturas, tais como uma colaboração entre o Egipto, Grécia e Arábia Saudita, e uma proposta conjunta sul-americana do Uruguai, Argentina, Paraguai e Chile.

A semana passada marcou sete meses desde que as forças russas atravessaram as fronteiras da Ucrânia na maior invasão militar da Europa desde a Segunda Guerra Mundial. Dezenas de milhares de pessoas foram mortas, milhões fugiram e cidades e vilas foram reduzidas a escombros.

Numa declaração divulgada na quarta-feira, a RFEF afirmou: “A candidatura (de Espanha, Portugal e Ucrânia) reforça os laços com a Europa ao gerar esperança e ao fornecer ferramentas de reconstrução ao povo ucraniano, que manifestou o seu orgulho e gratidão por participar neste projeto”

O Campeonato do Mundo de 2022 terá início a 20 de novembro no Qatar, enquanto o torneio de 2026 terá lugar nos Estados Unidos, Canadá e México.

Tiago Jorge
443 articles
Tiago Jorge é um amante de desporto que foi atleta Federado de Hóquei em Patins durante 22 anos com passagens pela Seleção Portuguesa de Hóquei em Patins, Benfica e Sporting. Formado em Marketing e Comunicação, atualmente desenvolve conteúdos sobre a atualidade desportiva em Portugal e para os amantes de iGaming.